As Melhores Vagas de Emprego do Mundo

ASSOCIAÇÃO PROGRESSO – Vaga para Oficial de TB do Projecto HIV-TB

Sansão Machava
Sansão Machava

A ASSOCIAÇÃO PROGRESSO pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um Oficial de TB do Projecto HIV-TB , para trabalhar ao nível da província de Niassa, norte de Moçambique.

Descrição

  • A Associação PROGRESSO é uma Organização Não-Governamental de membros (ONG), que foi criada formalmente em 1992. O objectivo da Associação é proporcionar aos membros uma plataforma a partir da qual eles possam envolver-se directamente na promoção de mudanças nas comunidades de base, em particular crianças, mulheres e jovens, desempenhando um papel activo no desenvolvimento das comunidades locais
  • A Progresso implementa programas de desenvolvimento comunitário nos sectores de educação, saúde e educação para a cidadania, prioritariamente nas províncias de Cabo Delgado e Niassa, mas também noutras províncias conforme as necessidades dos projectos de financiamento. Os programas sectoriais encontram seu enquadramento estratégico no Programa de Desenvolvimento 2021-2024
  • A Associação Progresso, em colaboração com o Centro de Colaboração em Saúde (CCS), e a DPS Niassa está iniciando um novo projecto focado na redução da incidência de HIV/AIDS e Tuberculose (TB) nas províncias de Cabo Delgado e Niassa. O projecto mencionado apresenta os seguintes objectivos específicos:
  • Contribuir para a redução de novas infecções por HIV em 33%, de aproximadamente 36 mil pessoas em 2016 para aproximadamente 24 mil pessoas até 2020
  • Contribuir para a redução das mortes relacionadas com o HIV (incluindo as dos pacientes com TB) em 33%, de aproximadamente 244/100,000 em 2016 para aproximadamente 165/100,000 até 2020
  • Contribuir para a redução das taxas estimadas de infecção do HIV infantil em mulheres HIV positivas que apresentaram nos últimos 12 meses de 11,1% em 2016 para menos de 5% até 2020;
  • Contribuir para a redução da incidência da tuberculose de 551/100.000 em 2015 em 5% ao ano até 2020 (Relatório Global da OMS sobre TB 2015) Contribuir para reduzir a taxa de mortalidade da tuberculose de 74/100.000 em 2015 para aproximadamente 63/100.000 até 2020. Relatório Global de TB da OMS 2015)
  • Gerando resultados nutricionais melhorados para 80% dos estimados 221.970 beneficiários directos, incluindo mulheres grávidas e infantes e crianças com menos de 2 anos de idade
  • Objectivo: Operacionalizar a Implementação das actividades comunitárias de tuberculose e TB/HIV com vista a contribuir para melhoria dos indicadores do programa de Tuberculose e desde modo reduzir o peso da Tuberculose na Província

Responsabilidades

  • Conduzir e orientar a nível provincial a implementação das actividades comunitárias de Tuberculose aprovadas pelo projecto
  • Elaborar e monitorar com a sua contraparte (Supervisor Provincial de TB) os planos anuais de actividades comunitárias de TB da província
  • Conduzir, em coordenação com DPS e SDS, o plano de capacitação dos diferentes atores comunitários ligados ao projecto (Supervisores Distritais, Gestores de Caso, Activistas e Conselheiros Leigos)
  • Garantir o cumprimento dos indicadores do Módulo de TB do P.F (através da identificação contínua de fraquezas e identificação de soluções locais)
  • Monitorar o orçamento ligado as actividades programáticas; propor actividades que possam melhorar o desempenho dos indicadores, em caso poupanças;
  • Monitorar e avaliar o desempenho programático da área de TB das OCB da sua província
  • Realizar supervisões formativa (apoio técnico) aos distritos e desenhar planos de melhoria das estratégias de implementação
  • Elaborar mensalmente relatórios programáticos de TB
  • Partilhar e discutir mensalmente os dados (relatórios programáticos) com o programa da TB a nível provincial
  • Participar activamente nos trabalhos e nas reuniões do grupo técnico provincial de TB
  • Organizar em coordenação dom a DPS todas reuniões trimestrais técnicas para discussão de dados e melhoria do desempenho do programa da TB
  • Contribuir para a melhoria da qualidade dos registos clínicos e do sistema de informação, através do cruzamento da informação dos relatórios programáticos com sistemas de informação (DHS2 Tracker)
  • Coordenar com os oficiais das outras áreas (Retenção e Direitos Humanos) a implementação das actividades de suporte (Engajamento Masculino e Diálogos Comunitários) de modo a criar um ambiente favorável a implementação das actividades comunitárias e contribuir para redução das barreiras no acesso aos cuidados de saúde

Requisitos

  • Técnico de Medica Geral ou áreas afins
  • Experiência mínima de 3 anos na prestação de assistência técnica e monitoria de programas de Tuberculose e HIV/SIDA
  • Experiência na implementação, monitoria e avaliação de programas mínima de 2 anos
  • Capacidade em treino e capacitação de pessoal de saúde
  • Proficiência em Microsoft Office na óptica do utilizador
  • Fluência verbal e escrita em Português e Inglês constitui uma vantagem
  • Capacidade de identificação de necessidades e de planificação
  • Habilidades de comunicação, coordenação e trabalho em equipa
  • Capacidade para trabalhar com autonomia e responsabilidade
  • Habilidade para realizar múltiplas tarefas e gerir efectivamente situações de pressão

 

Como se Candidatar

Os candidatos devem Enviar os seus documentos para o seguinte endereço de email: [email protected], onde deverão indicar o assunto “Oficial de TB do Projecto HIV-TB”

Exigências

  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae
  • Certificado
  • B.I.

Local: Niassa/Moçambique

Validade: O concurso é válido até o dia 13 de Fevereiro de 2021.

Sansão Machava
Uncategorized

Deixe o seu Comentário