ASSOCIAÇÃO PROGRESSO – Vaga para Oficial de Laboratório de Projecto HIV-TB 

Spread the love

A ASSOCIAÇÃO PROGRESSO pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um Oficial de Laboratório de Projecto HIV-TB , para trabalhar ao nível da província de Niassa, norte de Moçambique.

Descrição

  • A Associação PROGRESSO é uma Organização Não-Governamental de membros (ONG), que foi criada formalmente em 1992. O objectivo da Associação é proporcionar aos membros uma plataforma a partir da qual eles possam envolver-se directamente na promoção de mudanças nas comunidades de base, em particular crianças, mulheres e jovens, desempenhando um papel activo no desenvolvimento das comunidades locais
  • A Progresso implementa programas de desenvolvimento comunitário nos sectores de educação, saúde e educação para a cidadania, prioritariamente nas províncias de Cabo Delgado e Niassa, mas também noutras províncias conforme as necessidades dos projectos de financiamento. Os programas sectoriais encontram seu enquadramento estratégico no Programa de Desenvolvimento 2021-2024
  • A Associação Progresso, em colaboração com o Centro de Colaboração em Saúde (CCS), e a DPS Niassa está iniciando um novo projecto focado na redução da incidência de HIV/AIDS e Tuberculose (TB) nas províncias de Cabo Delgado e Niassa. O projecto mencionado apresenta os seguintes objectivos específicos:
  • Contribuir para a redução de novas infecções por HIV em 33%, de aproximadamente 36 mil pessoas em 2016 para aproximadamente 24 mil pessoas até 2020
  • Contribuir para a redução das mortes relacionadas com o HIV (incluindo as dos pacientes com TB) em 33%, de aproximadamente 244/100,000 em 2016 para aproximadamente 165/100,000 até 2020
  • Contribuir para a redução das taxas estimadas de infecção do HIV infantil em mulheres HIV positivas que apresentaram nos últimos 12 meses de 11,1% em 2016 para menos de 5% até 2020
  • Contribuir para a redução da incidência da tuberculose de 551/100.000 em 2015 em 5% ao ano até 2020 (Relatório Global da OMS sobre TB 2015)
  • Contribuir para reduzir a taxa de mortalidade da tuberculose de 74/100.000 em 2015 para aproximadamente 63 / 100.000 até 2020. Relatório Global de TB da OMS 2015)
  • Gerando resultados nutricionais melhorados para 80% dos estimados 221.970 beneficiários directos, incluindo mulheres grávidas e infantes e crianças com menos de 2 anos de idade
  • O Oficial de Laboratório é responsável pela coordenação e monitoria das actividades ligadas a componente de reforço do sistema de transporte de amostras na Província onde estiver colocado. Deverá identificar lacunas e propor soluções ao sistema de transporte de modo a que este contribua para o diagnóstico e seguimento dos pacientes TB e HIV

Responsailidades

  • Monitorar semanalmente as actividades de referenciamento de amostras nos distritos da sua província
  • Verificar semanalmente o cumprimento do contrato de prestação de serviços celebrado entre o PROGRESSO e a empresa contratada para prestar os serviços de transporte
  • Monitorar semanalmente o plano de referenciamento acordado entre a DPS e PROGRESSO -Província
  • Produzir relatórios mensais da actividade de referenciamento de amostras da Província e partilhar com a DPS
  • Realizar a verificação e confirmação mensal dos serviços prestados pela empresa contratada
  • Analisar mensalmente os relatórios de desempenho da componente de transporte de amostras da Província, sua contribuição no diagnóstico de novos casos de TB, bem como seguimento de pacientes em TARV
  • Emitir parecer sobre os relatórios da área programática (Tuberculose) no que diz respeito a proporção de casos diagnosticados bacteriologicamente
  • Produzir e submeter ao Gestor Provincial relatórios trimestrais da avaliação do reforço do sistema de transporte de amostras
  • Participar dos encontros do grupo técnico do laboratório e reuniões que lê forem indicadas a nível da Província
  • Apoiar a área técnica de TB nos treinos dos ACS (colheita e transporte de amostras)
  • Requisitar os instrumentos de registo para o referenciamento de amostras (protocolos Nacionais)
  • Realizar visitas de supervisão aos Distritos e verificar/orientar sobre fluxo/conservação correta de amostras desde a comunidade as US de referência

Requisitos

  • Ter Licenciatura em Tecnologia Biomédica Laboratorial ou áreas afins
  • Experiência no empacotamento e referenciamento de amostras
  • Saber falar e escrever Português
  • Ter trabalhado no SNS
  • Experiencia em trabalhar com ONG
  • Ter capacidade de trabalhar de forma independente
  • Noções de Inglês
  • Ter flexibilidade para criar boas ligações com pessoal de saúde
  • Ser comunicativo e proactivo
  • Capacidade de trabalhar de forma independente

 

Como se Candidatar

Os candidatos devem Enviar os seus documentos para o seguinte endereço de email: [email protected], onde deverão indicar o assunto “Oficial de Laboratório de Projecto HIV-TB”

Exigências

  • Carta de Apresentação
  • Curriculum Vitae
  • Certificado
  • B.I.

Local: Niassa/Moçambique

Validade: O concurso é válido até o dia 13 de Fevereiro de 2021.